SERÁ QUE UM DIA APRENDEREMOS A TER A SERENIDADE DE UM GATO?

quinta-feira, abril 10, 2014 10:54 AM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , , , , , , ,

0


Impressionante como os gatos são espertos, calmos e concentrados! O bichano estava quase dormindo e tirou dez no teste!

Essa postagem fez um excelente contraponto ao que eu vinha pensando hoje no meu caminho para o escritório. Como o ser humano é impaciente, como a pressa, principalmente no transito é agressiva!

Dizem que a pressa é inimiga da perfeição. É muito mais do que isso. É inimiga da paz, da solidariedade, da saúde e da vida!

Pense: quando vc está com pressa, sua emoções se agitam e vc fica longe da paz.

Quando vc está com pressa, vc não dá passagem a ninguém, não dá preferencia ao pedestre, expulsa o pobre que lhe aborda, avança o sinal e rouba uma vaga de estacionamento. Adeus solidariedade !

A pressa é sinonimo de stress e, como os próprios médicos constatam, o "estresse" é causa de ulceras, indigestão, problemas cardíacos e até de infartos.

E quanta gente já morreu por conta da pressa no transito???

Disse Confucio : a Paciência é mãe de todas as virtudes. A pressa, é irmã gêmea da impaciência, que é a inimiga, por corolário, de todas as virtudes!






Share/Bookmark

PODERIAM EXTRATERRESTRES TER ABDUZIDO O BOEING DA MALÁSIA? Uma visão espírita, por Mario Arcangelo Martinelli.

sexta-feira, março 14, 2014 3:08 PM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , ,

0


PODERIAM EXTRATERRESTRES TER ABDUZIDO O BOEING DA MALÁSIA?

Uma visão espírita, por Mario Arcangelo Martinelli.




Essa hipótese tem sido despertado muito interesse mundo a fora.

Pergunta-se :

1. Seria viável ?

           2. Seres de outras civilizações e galáxias, mais desenvolvidas, poderiam chegar até nós?

3. E chegando à Terra, poderiam abduzir uma aeronave como o Boeing 777-200?

4. Eles fariam isso, se possível?

Bom, não pretendemos, aqui, fazer nenhum estudo cientifico sobre essas hipóteses, apenas ousamos passar um ponto de vista de um pensador espírita sobre o tema.

Respondendo às questões, tudo de acordo com a nossa opinião individual, à luz do nosso entendimento da Doutrina Espirita:

1      1.     Sim.

Sabemos que dentre os milhões ou bilhões de planetas que existem no Universo, por mera lei das probabilidades, existem, sim, milhares de outras civilizações no espaço interestelar.

Dentre essas milhares de civilizações, teremos  todos os níveis de evolução, desde os mundos chamados primitivos, como a Terra o foi um dia, até os mundos super evoluídos, em que a Terra se transformará um dia, se vencermos nossos impulsos ainda primitivos de destruição, dominação e egoísmo.

2   2.   Ora, nessa linha, existem, sim, civilizações super evoluídas com domínio de tecnologia suficiente para viagens interestelares.

Assim respondemos à segunda indagação : É, pois, possível a visita de seres extraterrestres ao nosso planeta.

           3.   Se esses mesmos seres têm a capacidade de transpor distancias inimagináveis aos atuais recursos tecnológicos humanos, porque não teriam tecnologia para seqüestrar uma aeronave inteira?

      4. À quarta e última questão, respondemos. É possível, sim, mas eles não teriam nenhum motivo para fazê-lo.

A natureza tem leis imutáveis que viabilizam a vida no planeta e, por conseqüência, no Universo.

Alguém pode questionar, mas serão essas leis “Divinas”? Mas ninguém ainda comprovou a existência desse ser supremo!

Respeitamos a visão ateísta do Universo, cada vez mais rechaçada até pelos mais exigentes cientistas.

Nós também, cremos, sim, na existência desse Ser Supremo, Criador e Dirigente do Universo.

Mas , por um instante, somente por um instante, podemos considerar que, mesmo sem a existência desse Ser Supremo, cujas características estão ainda longe de nosso entendimento limitado, existem leis naturais imutáveis.

Essas leis é que viabilizaram o surgimento do ser humano na Terra, a partir da simples evaporação da água, conjunção de partículas de hidrogênio com oxigênio na famosa composição H2O, à sua condensação em contato com temperaturas mais baixas e por aí vai.

Uma lei da natureza que se revela é que nenhuma civilização sobreviverá a um avanço cientifico e tecnológico de alto nível, a ponto de tornar viáveis viagens interestelares, sem possuir a mesma elevação ética e moral.

Por que? 

Porque , simplesmente a ambição, a competição, a ânsia de poder, a não solidariedade, fariam que, no limiar das grandes conquistas, esses instintos negativos levem à destruição da civilização por permitir grande poder de destruição.

Basta um olhar para o passado e nós  entenderemos que estamos sentados em bombas-relógio, que podem ser disparadas a qualquer instante, por um governante insano qualquer, acabando com os sonhos do avanço glorioso da humanidade.

Quanto mais tecnologia, mais poder de destruição fica acessível a mais pessoas.

Se não houver o freio ético-moral, haverá a implosão.

Agora voltemos ao pensamento espirita.

Vejamos o que diz Emmanuel, na psicografia inquestionável de Chico Xavier:

 “Pelo menos, enquanto perdurar a sua atitude de confusão, de egoísmo e rebeldia, a humanidade terrestre são deve alimentar qualquer projeto de viagem interplanetária.

Que dizermos do homem que, sem dispor a ordem na sua própria casa, quisesse invadir a residência dos vizinhos?

Se tantas vezes as criaturas terrestres têm menosprezado os bens que a Providência Divina lhes colocou nas mãos, não seria justo circunscrevê-las ao seu âmbito acanhado e mesquinho?

O insulamento da Terra é um bem inapreciável.

Observemos as expressões do progresso humano, movimentadas para a guerra e para a destruição, nos triunfos da força, e rendamos louvores ao Pai Celestial por não haver dilatado no orbe terreno os processos de observação das suas vaidosas criaturas.” 

(O Consolador , respondendo à questão 74 :O homem científico poderá encarar com êxito as possibilidades de uma viagem interplanetária ?)

O que vale para a Terra, nas palavras de Emmanuel, vale para qualquer outro planeta, ou civilização.

Então, chegamos à conclusão de que, se recebermos visitas de alienígenas, estes serão de elevado padrão ético-moral, que não interfeririam em nossas vidas indevidamente, muito menos seqüestrando pessoas e espalhando a dor e o sofrimento.

Então, com certeza a aeronave da Malásia não foi abduzida.

Aparentemente foi alvo de mais uma ação produzida pelo primitivismo e violência do ser humano.

As respostas virão em breve.

Enquanto isso, cuidemos de trabalhar pela elevação moral da humanidade, no cantinho em que nos encontramos.

O BEM se propaga e é vencedor, caso contrario já não mais existiria a civilização chamada “humana”.

Mario Arcangelo Martinelli



Share/Bookmark

A BUSCA DO SOL NASCENTE

terça-feira, março 04, 2014 8:15 AM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , , ,

0

Minha subida ao morro do elefante :

Passei o fim de semana em Campos do Jordão. De manhã, logo cedo, aproveitei para fazer caminhadas....
Hoje acordei inspirado e pensei : vou subir o morro do elefante! E lá fui eu...a subida foi difícil, mas me surpreendeu que a fiz com certa facilidade, parando apenas de quando em quando para beber água.

Quando cheguei próximo ao topo, onde tem um mirante, pensei : ao invés de ir ao mirante, vou ao palácio do governo (como sabemos tem ali a residência de inverno). Peguei um desvio e fui.

Andei por mais uns vinte minutos e nada de chegar ao palácio. O caminho passava por meio de bosques e vales, muito lindo.

Então parei e decidi voltar, pois talvez, estendendo tanto a caminhada, faltassem forças para o caminho de volta.

Quando fiz a volta, aconteceu algo inusitado. Percebi a presença de vários espíritos do povo da mata, como se diz dos índios.

Todos muito felizes e alegres. Tinham um líder - cacique? - com muita luz e junto percebi outros espíritos de luz, meus protetores.

Foi uma alegria! Me circundaram , abraçaram e eu fiquei muito feliz e grato pela presença.

Então me veio a mente uma mensagem que eu deveria transmitir:

Em uma aldeia, bem no meio da mata distante, vivia uma tribo de passado poderoso...já tinham sido mais de 200 mil e pouco a pouco foram morrendo...na época dos fatos restavam menos de 2 mil...

Todo inverno desencarnavam muitos, principalmente os idosos, crianças e mulheres grávidas.

A caça sumia, as frutas acabavam, as raízes secavam. A fome enfraquecia a todos.

Num dado momento o page' procurou o Cacique e confessou que suas raízes e magias, não salvariam a tribo dos rigores do próximo inverno....

O que fazer, perguntou o cacique?

"Vamos levar o povo para onde o sol nasce. La' não tem inverno" , sugeriu o page' ....

O Cacique, sábio e experiente, pensou, pensou por várias luas e depois decidiu : não correria o risco de abandonar as ocas e submeter seu povo a essa empreitada arriscada...muitos com certeza morreriam pelo caminho desconhecido...

Mas pensou, temos que fazer alguma coisa e decidiu enviar uma patrulha de guerreiros e guerreiras, para " baterem" o caminho e procurarem o deus do sol nascente.

Partiram então 20 guerreiros em direção ao sol nascente. O caminho no meio da mata, era muito difícil. Passadas algumas semanas, uma parte da expedição começou a duvidar se encontrariam o sol nascente...



Um noite, após muita discussão, metade dos guerreiros, alegando que tinham mais fé na medicina do page' decidiu voltar...

Os demais, disciplinados e acreditando na sabedoria do cacique decidiram seguir em frente, até a morte, se necessário..

Aqueles que voltaram, ao chegarem na aldeia, desanimaram o povo, embora alegassem sua fé na medicina do page'...O cacique ficou triste, mas ainda tinha esperança no restante da expedição...

Então aconteceu o inesperado : os guerreiros que continuaram na missão alcançaram , depois de muitas luas, uma pequena vila de lavradores...

Ali, usando a linguagem dos gestos e contando com a boa vontade dos caboclos, que entenderam a missão de paz, contaram o drama de seu povo na mata....

Os caboclos então explicaram que o sol nascente fica muito, mas muito longe e que nunca chegariam lá vivos....

Mas extremamente penalizados com a sorte daquela tribo que jamais tinha dado qualquer sinal de agressividade, os caboclos decidiram ajudar e dispuseram a enviar expedição de volta a tribo, acompanhando os bravos guerreiros e guerreiras.. . Oferecendo ajuda e orientação....

Então pegaram muitas ferramentas, sementes, provisões, raízes e plantas medicinais, e foram mata a dentro de encontro ao sábio cacique....

E foi assim que, ensinando os índios a usarem ferramentas e sementes, salvaram a tribo das agruras do próximo inverno....

A moral que eles passaram no final da história:

Se amamos nossos semelhantes, temos que ter coragem para sair, lutar, aprender e evoluir, para depois podermos passar esse conhecimento e aprendizado para os que ficaram para trás.

Assim, não devemos nos fixar em nossos costumes antigos, temos que evoluir, para o nosso bem e para o bem de nossos semelhantes.

Voltei e desci o morro sorrindo, na companhia dos alegres amigos da mata, quando cheguei em segurança nas ruas da cidade, se despediram se mim com muita paz e alegria...

Então....não abandonemos jamais a missão....ajudemos a salvar as pessoas através do conhecimento e da dedicação...tenhamos a fé dos guerreiros que persistiram...não nos apeguemos aos velhos hábitos...

Sinceramente, foram cerca de duas horas maravilhosas e eu, destreinado nas caminhadas, me senti extraordinariamente bem disposto e feliz.

Mario Arcangelo Martinelli

Share/Bookmark

O Elefante e o carnaval

sexta-feira, fevereiro 28, 2014 3:11 PM Postado por mario arcangelo Martinelli

0


Realmente estamos vivendo um período dicotômico, o mal está muito ativo e parece predominar, mas o bem sempre prevalece, caso contrário não existiria mais a humanidade, dado o poder de destruição que está a disposição dos governantes. 

As pessoas , em geral, se preocupam em respeitar as minorias, os animais, em valorizar a educação , em viabilizar empregos e aposentadorias decentes, em proporcionar habitação e alimentação acessível, em melhorar as condições de saúde, em melhorar o transporte, para facilitar o ir e vir....Olhando para o século passado, percebe-se uma grande evolução.

Mas o mal incomoda porque é ativo, porque se colocamos uma pessoa agressiva num grupo de 50 pessoas, todas serão incomodadas, mas dificilmente conseguirão conter o agressivo, simplesmente porque são .....pacíficas !

Um elefante incomoda muita gente....

Mas pense : o mal se abastece nos pensamentos e ações negativas que a maioria das pessoas ainda se permitem. E a grande maioria é ainda carente de informações e educação e por isso é facilmente enganada por políticos mal intencionados que se elegem - repetidamente - para governar países.

Mas não duvidem, são as pessoas normais, que intimamente preferem o bem, são as mesmas que abastecem o mal de força .

Utopia ? Espiritualismo inocente ? Misticismo?

Não meus amigos,é a pura realidade.

A grande maioria da humanidade , pacífica e solidária , estimula os pensamentos e as ações negativas.

Basta ver o sucesso de programas na tv - o maior meio de comunicação que está praticamente em todas as casas do mundo - que divulgam o pornô, a licenciosidade , a prática do mal e dos hábitos inferiores.

Duvida ?é só assistir o BBB ou as novelas da Globo. Os próprios atores preferem os personagens maus, violentos, despudorados ou desvirtuados. Proporcionam mais fama....

Não pense que é só no Brasil. Isso se espalha pelo mundo. 

Vejam o sucesso mundial do "Aí se te pego" , dos programas de MMA, box, dos filmes baseados em uma sensualidade que há bem pouco tempo seria considerada pornografia....

Essa mesma pessoa que aplaude tudo isso, gostaria de um mundo melhor como falamos acima....mas incentiva, com sua audiência , ao menos, toda essa expressão da inferiodade moral.

Percebe? O mal dá lucro . Vende jornais, vende produtos anunciados nos intervalos das baixarias, vende ingressos de cinema e de teatro, o funk dá lucro! 

E a música clássica ? E doces histórias de superação ou de solidariedade? E o dia a dia sacrificado de bilhões de trabalhadores mundo a fora? E as conquistas científicas para o bem? O tratamento humano dos desviados, etiquetados como criminosos? A busca da recuperação de dependentes?

Todas (ou quase) as pessoas apreciam isso,  mas não comprariam jornais com essas manchetes, nem dariam audiência maciça a programas que divulgam esses fatos reais....

E agora vem o carnaval...antes era uma época em que as crianças se fantasiavam e brincavam com os pais em matinês nos clubes da família ....

Hoje? Bem hoje, todos sabemos no que se transformou...basta ver as campanhas para o uso de preservativos....

Cuide de suas escolhas, de seus pensamentos , vigie e ore....

Transforme, sempre que lhe for possível, a orações  em ações de solidariedade e amor...

Assim teremos iniciado a retirada do elefante do mal de nossas vidas! (sem conotação com o simpático animal que incomoda apenas pelo tamanho)


Mário Martinelli 
Advogado


Share/Bookmark

O elefante do mal

quarta-feira, fevereiro 26, 2014 8:38 AM Postado por MAM
Marcadores: , , , , , ,

0


Realmente estamos vivendo um período dicotômico, o mal está muito ativo e parece predominar, mas o bem sempre prevalece, caso contrário não existiria mais a humanidade, dado o poder de destruição que está a disposição dos governantes. As pessoas , em geral, se preocupam em respeitar as minorias, os animais, em valorizar a educação , em viabilizar empregos e aposentadorias decentes, em proporcionar habitação e alimentação acessível, em melhorar as condições de saúde, em melhorar o transporte, para facilitar o ir e vir....Olhando para o século passado, percebe-se uma grande evolução.

Mas o mal incomoda porque é ativo, porque se colocamos uma pessoa agressiva num grupo de 50 pessoas, todas serão incomodadas, mas dificilmente conseguirão conter o agressivo, simplesmente porque são .....pacíficas !

Um elefante incomoda muita gente....

Mas pense : o mal se abastece nos pensamentos e ações negativas que a maioria das pessoas ainda se permitem. E a grande maioria é ainda carente de informações e educação e por isso é facilmente enganada por políticos mal intencionados que se elegem - repetidamente - para governar países.

Mas não duvidem, são as pessoas normais, que intimamente preferem o bem, são as mesmas que abastecem o mal de força .

Utopia ? Espiritualismo inocente ? Misticismo?

Não meus amigos,é a pura realidade.

A grande maioria da humanidade , pacífica e solidária , estimula os pensamentos e as ações negativas.

Basta ver o sucesso de programas na tv - o maior meio de comunicação que está praticamente em todas as casas do mundo - que divulgam o pornô, a licenciosidade , a prática do mal e dos hábitos inferiores.

Duvida ?é só assistir o BBB ou as novelas da Globo. Os próprios atores preferem os personagens maus, violentos, despudorados ou desvirtuados. Proporcionam mais fama....

Não pense que é só no Brasil. Isso se espalha pelo mundo. 

Vejam o sucesso mundial do "Aí se te pego" , dos programas de MMA, box, dos filmes baseados em uma sensualidade que há bem pouco tempo seria considerada pornografia....

Essa mesma pessoa que aplaude tudo isso, gostaria de um mundo melhor como falamos acima....mas incentiva, com sua audiência , ao menos, toda essa expressão da inferiodade moral.

Percebe? O mal dá lucro . Vende jornais, vende produtos anunciados nos intervalos das baixarias, vende ingressos de cinema e de teatro, o funk dá lucro! 

E a música clássica ? E doces histórias de superação ou de solidariedade? E o dia a dia sacrificado de bilhões de trabalhadores mundo a fora? E as conquistas científicas para o bem? O tratamento humano dos desviados, etiquetados como criminosos? A busca da recuperação de dependentes?

Todas (ou quase) as pessoas apreciam isso,  mas não comprariam jornais com essas manchetes, nem dariam audiência maciça a programas que divulgam esses fatos reais....

E agora vem o carnaval...antes era uma época em que as crianças se fantasiavam e brincavam com os pais em matinês nos clubes da família ....

Hoje? Bem hoje, todos sabemos no que se transformou...basta ver as campanhas para o uso de preservativos....

Cuide de suas escolhas, de seus pensamentos , vigie e ore....

Transforme, sempre que lhe for possível, a orações  em ações de solidariedade e amor...

Assim teremos iniciado a retirada do elefante do mal de nossas vidas! (sem conotação com o simpático animal que incomoda apenas pelo tamanho)


Mário Martinelli 
Advogado



Share/Bookmark

AMOR E ÓDIO, APOCALIPSE NOW!

quinta-feira, fevereiro 20, 2014 2:22 PM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , , ,

0





Pessoas estão morrendo em manifestações em várias partes do mundo. 
O grau de insatisfação com governos corruptos, totalitários ou simplesmente incompetentes ou insensíveis está chegando a um ponto crítico ! 
Pessoas pacificas, estão se revoltando. 
Essa revolta, fruto da indignação, está sendo contaminada por pessoas a serviço do mal, do ódio, que se infiltram nas manifestações e, se escondendo, praticam a destruição e a violência, tudo o que a maioria não quer.

E doravante o ambiente planetário ficará cada vez mais explosivo e agressivo, pois a repressão ou não atendimento das reivindicações funcionam como tampas da panela de pressão.

Vai explodir! Inclusive no Brasil por ocasião da copa.

As forças do mal estão poderosas.

Por que?

Porque elas se abastecem em nossas fraquezas, em nossos pensamentos mesquinhos, sensuais, de ódio, de inveja, de cobiça, de insensibilidade com o sofrimento de nossos semelhantes .

O que podemos fazer?

Só podemos orar pela paz, agir pela paz em nossos círculos de influência.

Ação no bem é a oração vivenciada!

Indiquemos a todos o caminho que nos foi indicado por Jesus.

Sigamos esse caminho, diariamente , ao mesmo tempo em que nos mantemos em oração.

E oremos pelas almas das vítimas fatais.

Parece que está acontecendo as previsões de João, no Apocalipse:

"Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta." Apocalipse 17:13

e, por outro lado:

"E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome de seu Pai."
Apocalipse 14:1

"Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus."
Apocalipse 14:12

Que sinal queremos por em nossas testas : O da "besta" ou o de Jesus e do Pai ?

http://www.vagalume.com.br/the-beatles/all-you-need-is-love.html
Venezuela: morre a Miss alvejada na cabeça em protesto http://abr.ai/1mae1W5
Foto: Venezuela: morre a Miss alvejada na cabeça em protesto http://abr.ai/1mae1W5
Share/Bookmark

MUITOS AINDA NÃO ACREDITAM QUE A TERRA GIRA EM TORNO DO SOL

segunda-feira, fevereiro 17, 2014 3:00 PM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , ,

0


Depois de milhares de anos, muita gente ainda não acredita - ou tem conhecimento - de que a terra gira em torno do sol.

O The Independent News, da Inglaterra , divulgou hoje, 17 de fevereiro de 2014, surpreendente pesquisa, a respeito,  feita nos Estados Unidos.

Esta pesquisa divulgada por importante jornal Inglês, informa que 26% dos americanos (Usa) ainda não acreditam ou não sabem que a terra gira em torno do sol e mais da metade (52%) não acreditam na teoria da evolução. 

Estamos falando de um pais com um número mínimo de analfabetos e com um sistema de ensino que permite acesso à tecnologia de ponta.

Aristarco_de_Samos (270 a.c.) foi o primeiro pensador a indicar que a Terra se movia em torno do sol.

Qual a conclusão ? O conhecimento se expande muito lentamente na humanidade.

Hoje , com tantos meios de comunicação rapidíssimos e eficientes , teremos , com certeza , uma divulgação mais rápida da evolução do conhecimento.

Mas mesmo assim o espírito humano se recusara' a aceitar novas descobertas, por questões emocionais, culturais e religiosas.

Hoje a reencarnacao, a sobrevivência da alma e comunicação entre os dois planos já estão comprovadas cientificamente.

Entretanto não esperemos aceitação ampla e irrestrita rapidamente.

Os que já assimilaram essas verdades, tenhamos paciência e respeitemos o ritmo de entendimento dos demais.

Não há pressa, a verdade se impõe por si.
One in four Americans 'doesn't know the Earth orbits the Sun' and only half believe in evolution http://ind.pn/1oBgP0B

Share/Bookmark

O manuscrito

domingo, fevereiro 02, 2014 9:42 PM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: ,

1

Há mais mistérios entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia....

Temos vários exemplos de fatos ocorridos em nossa vida que poderíamos creditar ao item "mistérios"....

Mas sabemos que essas ocorrências misteriosas não são anormais e nem incomuns e elas sucedem freqüentemente...

Pois é, aconteceu comigo nesta sexta-feira.

Estava me preparando para fazer a preleção do evangelho no Centro Espirita Verdade e Luz de Atibaia, quando decidi separar algumas revistas antigas que minha mulher havia ganho, misturadas com livros e outros objetos para doação.

Entre essas revistas, estava lá uma edição extra de uma revista espirita, datada de julho de 2002 (doze anos atrás), feita para comunicar a desencarnação de Chico Xavier, ocorrida no mês anterior.

Pensei, esta revista é histórica e, antes que principiasse a folhea-la, de repente, caiu do meio da revista um manuscrito.

Quando,curioso, comecei a leitura do manuscrito, começou a crescer em mim, a certeza de que a sua chegada ás minhas mãos não fora acidental, pois o seu conteúdo se encaixava no tema definido para o dia.

Bom, passo a vocês, sem mais delongas, o manuscrito :

"Café da manhã no Macdonalds

Esta é uma bela historia e também uma historia real.

Sou mãe de 3 crianças (14,12 e 3 anos) e recentemente terminei a minha faculdade.

A ultima aula que assisti foi de sociologia....

O professor dava as aulas de uma maneira inspiradora, de uma maneira que eu gostaria que todos os seres humanos também pudessem ser.

O ultimo projeto do curso era simplesmente chamado "sorrir".

A classe foi orientada a sair e sorrir para três estranhos e documentar suas reações.

Sou uma pessoa bastante amigável e normalmente sorrio para todos e digo oi, de qualquer forma.

Então achei que isso seria muito tranquilho para mim....

Após o trabalho ser passado para nós, fui com meu marido e o mais novo de meus filhos numa manhã fria de março ao MacDonalds.

Foi apenas uma maneira de passarmos um tempo agradável com o nosso filho...

Estávamos esperando na fila para sermos atendidos, quando de repente, todos ao nosso redor começaram a ir para trás e então meu marido fez o mesmo...

Não me movi um centímetro...Um sentimento arrebatador de panico tomou conta de mim e me virei para ver a razão pela qual todos se afastaram...

Quando me virei, senti um cheiro muito forte de uma pessoa que não toma banho há muitos dias e lá estava na fila, dois pobres sem teto.

Quando eu olhei ao pobre coitado, próximo de mim, ele estava sorrindo...

Seus olhos azuis estavam cheios daquela Luz de Deus, pois êle estava buscando apenas aceitação.

Êle disse : - Bom dia! Enquanto contava as poucas moedas que ele tinha amealhado...

O segundo homem tremia suas mãos e ficou atrás de seu amigo...Eu percebi que o segundo homem tinha problemas mentais e o senhor de olhos azuis era sua salvação...

Eu segurei minhas lagrimas, enquanto estava lá, parada, olhando para os dois...

A jovem mulher no balcão perguntou o que êles queriam...

Êle disse :- Café já está bom, por favor... - pois era tudo o que eles podiam comprar com as poucas moedas que possuíam....(se êles quisessem apenas se sentar no restaurante para se esquentar naquela fria semana de março, deviam comprar algo apenas. Êle apenas queria se esquentar).

Então eu realmente sucumbi àquele momento, quase abraçando o pequeno senhor de olhos azuis...

Foi aí que notei que todos os olhos do restaurante estavam sobre mim,  julgando cada pequena ação minha...

Eu sorri e pedi à moça no balcão que me desse mais duas refeições de café da manhã em uma bandeja separada...

Então olhei em volta e vi a mesa em que os dois homens se sentavam para descansar...

Coloquei a bandeja na mesa e coloquei minha mão sobre a mão do senhor de olhos azuis.

Ele olhou pra mim com lagrimas nos olhos e disse :- Obrigado!!!

Eu me inclinei, acariciei sua mão e disse "não fui eu quem fez isso por você, Deus está aqui trabalhando através de mim para dar a você esperança"

Comecei a chorar enquanto me afastava deles para sentar com meu marido e meu filho...Quando eu me sentei, meu marido sorriu para mim e me disse, esta é a razão pela qual Deus me deu você, querida, para que eu pudesse ter esperança!!!!

Seguramos nossas mãos por um momento e sabíamos que podemos dar aos outros hoje, algo que Deus nos tem dado muito...

Nós não vamos muito à igreja, porem acreditamos em Deus...

Aquele dia me foi mostrada a Luz do doce amor de Deus...

Retornei à aula na faculdade, na ultima noite de aula, com esta história em minhas mãos...

Eu entreguei o "meu projeto" ao professor e êle leu.

Então, êle me perguntou:- Posso dividir isso com a classe?

Eu consenti enquanto ele chamava a atenção da classe para o assunto...

Ele começou a ler o projeto para a classe e aí percebi que como seres humanos e como partes de Deus nós dividimos esta necessidade de curarmos pessoas e de sermos curados.

Do meu jeito, eu consegui tocar algumas pessoas no Macdonalds, meu marido e o professor e cada alma que dividia a classe comigo na ultima noite que passei como estudante universitária...

Eu me graduei com uma das maiores lições que certamente aprenderei:

                                       ACEITAÇÃO INCONDICIONAL

Amar as pessoas e usar as coisas e não amar as coisas e usar as pessoas."

                                                    FIM

Mario Arcangelo Martinelli

Share/Bookmark

VOCÊ VAI DESISTIR?

domingo, setembro 29, 2013 8:14 PM Postado por mario arcangelo Martinelli

0

Neste mundo, em que vivemos, não existe mar de rosas. Ninguém, costumo lembrar, está aqui a passeio.

Alguns dirão, ahh sim...os ricos e poderosos levam um boa vida ! Dinheiro e poder tudo resolvem, dão acesso a mansões, aviões, iates, carrões, viagens, finas  roupas, restaurantes e tudo o mais...

Será?

Durante um certo tempo, é possível.

Depois,  a vida se encarrega de lembrar onde o bem aventurado está....

Aparecem os fiscais da vida :  doenças, acidentes, revezes financeiros, traições, assaltos, pendências na Justiça, etc...

Nos momentos difíceis, sem exceção,  nos lembramos do Deus Pai, assim como corríamos para nossos pais quando crianças.

E agora, o que fazer, já que nem todo dinheiro e poder nos socorre?

Jesus mostra a saída:  "Orar sempre e nunca desfalecer" (Lucas 18:1)

Lucas é o terceiro evangelista.

Não participou nos primeiros tempos com o divino Mestre, mas se juntou a Paulo nas missões junto aos outros povos

Era médico e fazia uma parceria forte com Paulo, que também era muito intelectualizado.

Lucas buscou os relatos com as testemunhas oculares e nos legou o seu evangelho que é considerado o mais bem estruturado.

Nessa passagem, escreve Lucas :

"Para demonstrar que é necessário orar sempre, sem nunca desanimar, Jesus contou uma parabola :
"Havia numa cidade um Juiz que não temia a Deus e não respeitava ninguém. Havia lá também uma viuva que o procurava dizendo : "faze-me justiça contra o meu adversário. Durante muito tempo o juiz se recusou. Por fim disse consigo mesmo : Embora eu não tema a Deus e não respeite ninguém, vou-lhe fazer justiça, porque esta viuva está me aborrecendo. Talvez assim ela pare de me incomodar". Prosseguiu o Senhor :
Ouvi o que diz este juiz perverso. E Deus não fará justiça  aos seus eleitos, que clamam por Ele  dia e noite, mesmo quando os fizer esperar?" Eu vos digo que em breve vos fará justiça. Mas quando vier o Filho do homem, encontrará a fé sobre a terra?"

Sobre essa passagem diz Emmanuel (Fonte Viva, Chico Xavier) :

"Foste colocado entre obstáculos mil de natureza estranha, para que, vencendo inibições fora de ti, aprendas a superar suas limitações.

Enquanto a comunidade terrestre não se adaptar à nova luz, respirarás cercado de lagrimas inquietantes, de gestos impensados e de sentimentos escuros.

Dispõe-te a desculpar e auxiliar sempre, a fim de que não percas a gloriosa oportunidade de crescimento espiritual.

Lembra Emmanuel, que a humanidade vai lentamente vencendo as trevas e a inferioridade.

Olhar para o passado recente de guerras mundiais e de intransigência religiosa, quando a Inquisição agiu até 1908 e ver, nos dias de hoje, a grande maioria voltada para o bem, para a tolerância
 para a solidariedade, nos dá esperança de que o mundo pode sim se tornar um lugar melhor.

Ainda há focos de primitivismo, sim. Ainda ocorre ação de fanáticos religiosos pregando e praticando a violência. Ainda ocorrem guerras fratricidas e selvagens. Ainda são intentadas ações para a imposição de regimes totalitários e despóticos, agravados pela chaga da corrupção

Ainda a pobreza e a carência de condições afligem milhões de pessoas mundo afora  mas, felizmente, ao contrario de apenas cem anos atrás, hoje já há igual numero de pessoas fora dessa linha de pobreza e miséria.

Vamos lentamente subindo a escala da moralidade e da fraternidade, com a pratica constante da tolerância e da caridade.

Deus envia constantemente mensagens e avisos, para que busquemos a salvação, a exemplo do que fez ao enviar o Profeta Jonas a Ninive, avisando que em função da devassidão a que se entregavam os habitantes da cidade, a mesma seria destruida em 40 dias, a menos que se regenerassem.

Os ninivitas deram crédito à profecia trazida por Jonas e deram mostras concretas de arrependimento e regeneração.

Foram então poupados por Deus, para espanto do próprio Jonas.

E nós como reagiremos? Vamos desistir ou persistir  na fé?

Oremos e vigiemos.


Share/Bookmark

Fé no semáforo

domingo, setembro 15, 2013 9:41 AM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , ,

0

Outro dia, um amigo vinha com seu carro pela cidade por volta das 19 horas, já estava escuro nesta época do ano.

Parou em um semáforo , próximo do passeio, vidros abertos no calor doce do fim da tarde, pensando na vida.

Aproximou-se um pobre senhor nos seus sessenta anos, com um pano no braço, como se fora um guardador de carros e pediu educadamente :

"O senhor tem um real para me ajudar?"

Meu amigo, de um relance, apercebeu-se da situação difícil em que estava aquele pobre homem. O que faria com esse um real? Estava sóbrio e tranquilo, no começo da noite,  provavelmente completaria o preço da condução ou de um pastel, ali na esquina.

Meu amigo não titubeou, pois a luz verde apareceria a qualquer momento.

Abriu a carteira e deu ao pobre homem a menor nota que logo viu.

Era uma nota de dez reais. 

Fez com o coração feliz pois quem sabe poderia dar um pouco mais de possibilidades 'aquela criatura.

Porém a reação que surgiu, lhe surpreendeu muito.  Já tinha vivido experiências semelhantes e sempre a pobre pessoa fica muito agradecida e, até , alegre!

Mas não,  o pobre guardador de carros, quis devolver os dez reais, dizendo :

"O senhor se enganou, eu pedi apenas um real!!"

Meu amigo insistiu, por favor, aceite!

"Não, não , preciso apenas de um real", respondeu estendendo a nota de volta.

Meu amigo não se deu por vencido, falando com um sorriso:

"O senhor tem que aceitar, porque Jesus e' quem me mandou aqui para encontra-lo."

Então o pobre guardador, vencido, perguntou :

"A qual igreja o senhor pertence? Vou até lá guardar o seu carro."

Acendendo a luz verde, meu amigo respondeu : 

"A nenhuma. Sou espirita"

Vejam bem que testemunho de fé e honestidade deu nosso guardador!

Na hipótese de engano de meu amigo, quis logo devolver a nota de dez reais.

Depois, confirmada a intenção, não queria mais do precisava, NAQUELE momento.

E só se conformou quando ouviu o nome de Jesus!

Quantos de nós teríamos a mesma atitude? Logo pensaríamos nas facilidades que aquele valor a mais poderia nos proporcionar.

Ou ainda, pensaríamos em guardar para o amanhã.

Mas o nosso guardador queria apenas o "pão de cada dia", confiante que no dia seguinte, conseguiria os poucos trocados para sua subsistência.

Alguém se lembra daquela passagem do evangelho, " observai os pássaros do céu" ? (Mateus 6:19 a 34) 

Dizia o Mestre:

"Não vos inquieteis, pois, dizendo : que comeremos? Ou que beberemos? Ou de que nos vestiremos? - como fazem os pagãos que andam a procura de todas essas coisas, porque vosso Pai sabe que tendes necessidades delas.
Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça , que todas essas coisas vos serão dadas de acréscimo. - Assim , pois, não vos ponhais inquietos pelo dia de amanhã , porque o amanha cuidará de si. A cada dia basta o seu mal."

Então? Não foi uma lição maravilhosa daquele pobre guardador ? 

 

Share/Bookmark

Hora da Verdade: Das cavernas ao Facebook

sexta-feira, setembro 13, 2013 8:46 AM Postado por mario arcangelo Martinelli

0

Hora da Verdade: Das cavernas ao Facebook
Share/Bookmark

Das cavernas ao Facebook

8:40 AM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , , , ,

0

Prazer e dor, ascensão e queda

A ciência, na psicologia e na psiquiatria, identificou, há muito tempo que o comportamento do homem, como também dos animais,é comandado pelo binômio prazer-dor.

Buscamos o prazer, fugimos da dor. 

Alias é assim que os animais são treinados, não?

Ambos , prazer e dor, tem infinitas escalas e variações.

A fome é a dor primaria. A sua satisfação com alimentos, nos causa o primeiro prazer.

E assim vamos, entre dor e prazer, subindo na escala da evolução , saímos das cavernas e chegamos a' Lua e ao Facebook.

Nessa caminhada , há muito tempo, buscamos o prazer maior, que idealizamos como o Paraíso!

Sabemos que esse paraíso está reservado aos bons e puros.

E as religiões, através dos séculos , tem buscado ensinar como escalar essa montanha que nos levará ao céu.

Não há variações : o caminho é a reforma intima, é a fraternidade, é o AMOR.

É uma escalada difícil, heróica mesmo.

Porque em busca do prazer máximo, o paraíso , a comunhão com Deus Pai, temos que abdicar a prazeres imediatos, materiais, terrenos, que são alcançados pela satisfação dos instintos.

Embora estejamos saindo da escuridão do primitivismo,  ainda estamos presos a reflexos condicionados que temos vivido há milhares de anos, seja como espíritos em longo percurso das reencarnacoes, seja como crêem os que nisso não crêem, (os chamados materialistas), pela "evolução da espécie "
 
Podemos dizer que a dificuldade para sublimarmos nossos instintos se eqüivale à escalada de uma montanha.

Vamos galgando palmo a palmo, metro a metro, com muito esforço, fugindo da dor em busca do paraíso que está no céu.

De repente, a dor diminui.... Já nos sentimos mais fortes, saudáveis.

Então paramos a escalada, vamos aproveitar estes momentos de paz e prazer.

Prazer ? ahhh que bom....que tal aproveitar também daqueles outros prazeres que deixamos mais abaixo?

Então , deixamos a escalada e vamos deliciosamente montanha abaixo gozar prazeres antigos....

Quando damos conta, estamos de novo no vale, chafurdando nos prazeres da matéria e do instinto, a que estávamos ( ou estamos) condicionados...

Logo vem célere a dor e o ranger de dentes. De novo.

Olhamos para cima e pedimos : Pai nosso que estais no céu ....

 Mais uma vez, perdoa as nossas dividas.....

Livrai-nos do mal !

E recomeçamos a escalada....

Amém!




Mário arcangelo Martinelli 

Share/Bookmark

O que você semeia no seu dia a dia?

quarta-feira, julho 31, 2013 11:55 AM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , ,

0

Paulo, o Apóstolo dos Gentios.


Como sabemos, Paulo, após sua conversão em Damasco e depois de três anos passados no deserto, em meditação e oração, dedicou-se a espalhar a Boa Nova (Evangelho de Cristo) aos outros povos fora de Israel.

Os ensinamentos de Cristo, por incrível que pareça, não eram facilmente aceitos pelos Judeus, que já acreditavam em um Deus único.

Eles eram muito arraigados aos ensinamentos da Bíblia, mais na sua forma do que na essência, que também era de amor ao próximo, caridade, reforma intima.

Os Judeus entendiam que Jesus Cristo era contra os ensinamentos de Moises e dos Profetas, o que não é verdade. Apenas Êle trocou a máxima "olho por olho, dente por dente", por "Amai-vos uns aos outros" e pregava "Perdoai setenta vezes sete vezes".

Então, Paulo foi pregar para os estrangeiros, chamados "Gentios".

Aqui vamos analisar um pouco de sua missão junto aos "Gálatas".

Os Gálatas eram os Celtas que habitaram na região sul do Danúbio e na Macedônia, chamada Galácia.

Por duas vezes Paulo visitou a região, durante a segunda e a terceira viagens missionarias.

Foram criadas ali algumas comunidades cristãs, formadas por pessoas convertidas do paganismo.

Pouco depois da saída de Paulo, essas comunidades foram agitadas por grupo chamados "judaizantes".

Eram Cristãos que não aceitavam o Evangelho livre pregado por Cristo e pretendiam submete-lo às formalidades judaicas, inclusive para a circuncisão.

Paulo escreveu sua epístola aos Gálatas, defendendo , com muita energia o Evangelho livre, pregando que a salvação vem pela fé e não pelas formalidades e rituais religiosos.

Não fosse a sempre enérgica intervenção de Paulo, os historiadores acreditam que o Cristianismo não passaria de uma seita Judaica de caráter messiânico ou profético.

Jamais seria uma religião universal.

Paulo sempre defendeu a pureza do Evangelho do Cristo, chegando a dizer que ainda que ele mesmo, Paulo, ou qualquer dos apóstolos, ou mesmo um anjo descido do céu vos anuncie um evangelho diferente daquele que vos anunciamos, seja amaldiçoado!

No capitulo 6 dessa epístola Paulo disse (1) Irmãos, se alguém for apanhado em alguma falta, vós que sois espirituais corrigi-o com delicadeza. Mas toma cuidado para que também tu não sejas tentado."

Disse mais adiante : (7)

Não vos enganei. Com Deus não se brinca. O que uma pessoa semear, também haverá de colher haverá de colher. e completou :
(8) Quem semear na sua carne, da carne colherá a perdição. Mas quem semear no Espirito, do Espirito colherá a vida Eterna"

Lembrava Paulo das palavras do Cristo no Sermão da Montanha :

João 6, 63 : O espirito é que dá a vida. A carne de nada serve. As palavras que vos tenho dito são espírito e vida.

Pois é, estamos plantando todos os dias.

Até quem está inativo e ocioso planta. Planta a imprevidência pois nada colherá de produtivo.

Diariamente também colhemos.

Se fomos solidários ontem, hoje com certeza receberemos solidariedade dos nossos semelhantes, vizinhos, amigos, colegas de trabalho.

Se fomos egoístas e orgulhosos, ontem, hoje serem ignorados e abandonados à própria sorte.

A colheita às vezes demora, como nos vegetais, que às vezes produzem em semanas e outras vezes demoram anos para frutificarem.

Ainda em nossos dias, temos muitas pessoas que pensam em lavar a honra com o sangue e a injustiça com represálias violentas e criminosas.

É o odio de ontem gerando guerras e disputas hoje, a ambição pessoal provocando a miséria dos ambiciosos, o prazeres fáceis, provocando quedas, conflitos e retificações dolorosas, inclusive através de doenças graves.

Até hoje, mais de 2.000 anos depois, somente alguns aprendizes do evangelho compreendem a necessidade de plantar a luz em si mesmos.

Como se faz isso?

Através da reforma intima, praticada diariamente, na singela formula de analisarmos como foi o nosso dia e nos propormos a agir  melhor amanhã.

Através da incorporação do amor ao próximo, a pratica do bem e a oração constante para mantermos nossos pensamentos elevados.

Assim, colheremos a  a paz, alegria, a felicidade que mais importa : aquela do espirito, que dinheiro algum compra.







Share/Bookmark

CORRUPÇÃO : Mal mundial que comprova primitivismo remanescente, por Mario Arcangelo Martinelli.

terça-feira, maio 14, 2013 1:23 PM Postado por mario arcangelo Martinelli
Marcadores: , , , , ,

0


CORRUPÇÃO : Mal mundial que comprova primitivismo remanescente.
Por Mario Arcangelo Martinelli.

A Inglaterra sempre foi um país considerado "muito sério", ao contrario do Brasil.

Agora, porém, os próprios ingleses estão assustados com tantos casos de corrupção explodindo por lá.

A sociedade inglesa está se mobilizando, começando por reconhecer a magnitude do problema:

“”Richard Garside, diretor do Centro de Estudos de Crime e Justiça (UK) , disse que havia uma necessidade urgente de ver a corrupção como um problema nacional que se estendeu em ambas as esferas pública e privada da vida nacional.”
 

O problema é mundial, sem duvida.

Antes que os arautos das ditaduras de esquerda digam que é um mal da "democracia capitalista", sabemos que os escândalos só vêm à tona através da liberdade de imprensa, que é zero em qualquer ditadura.

E ditadura é sinal de poder absoluto, fase ultrapassada pela humanidade no inicio do século passado, embora ainda exista em pontos isolados do planeta e  que, quando em quando, seja objeto de cobiça de grupos em alguns países, principalmente os menos desenvolvidos, social e culturalmente.

Mas como entender isso acontecendo  em pleno século 21 ?

Olhamos em volta e visualizamos as pessoas bem mais socialmente responsáveis do que, digamos, 50 anos atrás.

A grande maioria respeita as minorias sociais, combate os preconceitos de qualquer espécie, defende os direitos humanos, protege os animais, o meio ambiente e até se preocupa em reciclagem do lixo e abomina a corrupção que é um crime lesa humanidade.

Como explicar esse fenômeno social?

Ou seja, a maioria silente está muitos degraus acima, em termos de evolução moral e social e ainda assim se submete ou é submetida a uma minoria usurpadora, cínica, cruel (muitas vezes violenta), insensível às milhões de vidas perdidas ou afetadas em função da corrupção.

Pela inferioridade latente no ser humano.

Sim,  crescemos muito cultural e socialmente, mas ainda guardamos dentro de nós o instinto predatório, o “homo homini lúpus” (o homem é o lobo dos homens).

Quem não detem o poder critica os abusos praticados por aqueles que o detêm.

Mas quantos desses críticos, nessa posição fariam diferente?

Podemos imaginar a humanidade como uma imensa massa com tendência à inércia.

Essa inércia, ou estagnação, é somente desafiada por um pequena parte dessa massa, que são as pessoas que já adquiriram um status moral e cultural avançado, certamente inteiramente ligados à Lei do amor, trazida por Jesus Cristo e reafirmada por centenas de missionários em todos os cantos do mundo e por todas as épocas.

A eficiência desse movimento dos missionários é constatada pelos conceitos de solidariedade (nome para o amor aplicado à sociedade) que hoje são defendidos por aquela grande maioria silente.

Porém atrás das pessoas da vanguarda, vem a imensa massa.

Primeiro vem os seguidores dos missionários, a expandir as idéias, ideais e ações benéficas para a grande massa.

Em seguida, a grande massa dos simpatizantes, que concordam e apoiam esses conceitos e ações.

Depois vêm a igualmente grande massa dos indiferentes, que ora apoiam a vanguarda solidária, ora participam das ações predatórias.

Na traseira vem a massa dos predadores, com um grande volume e poder de ação, porque é inescrupulosa, cruel e se aproveita da passividade e benevolência da massa de vanguarda.

Quase sempre o poder é tomado e exercido por essa falange do mal, face às suas características de agressividade e isenção de escrúpulos.

Como mudar isso? A humanidade tem esperança?

A trajetória da evolução do homem, nos permite afirmar que sim.



Pois hoje, estamos melhor do que há cinqüenta anos. Naquela época, estávamos melhor do que há cem anos. E assim será cada vez que olharmos para as épocas anteriores.

Se olharmos para o passado sem lei, de exploração, de poderes hereditários e absolutos dos governantes, das armas na cintura, da educação para pouquíssimos, saúde para menos ainda, onde a idade média ficava em torno dos 30 anos, podemos dizer :

SIM estamos avançando!

E nem mais o risco da hecatombe nuclear que vigorou em boa parte do século passado, temos.

E o que podemos fazer para ajudar nessa evolução?

Sermos participantes ativos da vanguarda solidaria, divulgar seus conceitos, começando junto aos próximos mais próximos e depois, como a pedra lançada ao lago, veremos essa força crescendo em círculos concêntricos.

Nós, Cristãos, temos em Jesus o nosso centro.

Mas, felizmente, há centros, pontos de referencia, em todas as culturas humanas.

Pegue o seu. Atire no lago muitas e muitas vezes...

Em breve nosso mundo será melhor!

MARIO ARCANGELO MARTINELLI



Share/Bookmark
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...